motor

MERCEDES GLE COUPÉ 2020

Publicado em: 26/09/2019

Carlos Abeleira

 

GANHA DESIGN MAIS ELEGANTE E MUSCULOSO, VERSÃO AMG E UM INCREMENTO COM ELETRIFICAÇÃO LEVE

2020-mercedes-benz-gle-coupe-is-larger-but-sleeker_2

A Mercedes-Benz amplia seu portfólio de utilitários esportivos lançando uma segunda geração do GLE Coupé 2020. Revelado antes de sua estreia pública no Salão Automóvel de Frankfurt, ele chegará às concessionárias na primavera de 2020.
O recém-chegado aumenta para 8 os modelos da Mercedes SUV, afinal, para a marca, este segmento representa um terço de suas vendas globais. O GLE Coupé se junta a um segmento cada vez maior de variantes focadas no estilo dos modelos tradicionais de alta competição. Ele poderá ser importado no Brasil, mas ainda nada foi confirmado.
Na verdade, é quase um GLE de traseira cortada, mas que lhe dá uma aparência mais agressiva, especialmente se você olhar a versão mais esportiva, o Mercedes-AMG GLE 53 Coupé.
A Mercedes alega que o novo carro oferece uma “sensação de espaço significativamente melhor” do que seu antecessor, graças à maior distância entre eixos e às aberturas de portas maiores.

2020-mercedes-benz-gle-coupe-is-larger-but-sleeker_12
O interior do GLE Coupé também compartilha quase tudo com seus irmãos, possuindo o mesmo layout de painel dominado por duas telas de 12,3 polegadas e um console central elevado. Mas assentos e volante em couro são acessórios padrão. O streaming do Amazon Music também estará disponível no lançamento.

2020-mercedes-benz-gle-coupe-is-larger-but-sleeker_8
Tem um motor de seis cilindros e de 3,0 litros, além turbo duplo levemente eletrificado gerando 429 cv e 384lb ft de torque. Porém, a parte eletrificada é um complemento interessantíssimo. Denominado sistema ‘EQ Boost’, é capaz de adicionar mais 20 cv e mais incríveis 184 lb ft, o que representa um aumento de quase 50% no torque em comparação com o desempenho puro a gasolina. Tudo isso é dividido nas quatro rodas com transmissão automática de 9 marchas. Portanto, quando você acelera com este sistema, que totaliza 568 cv, passa de zero a 100 km/h em 5,3 segundos e atinge uma velocidade máxima (limitada) de mais de 248 km/h. A linha toda, a ser lançada a partir de 2020, contemplará motores a diesel para alguns mercados
O AMG GLE 53 utiliza a suspensão a ar AMG Ride Control, que pode alterar sua altura e terreno de acordo com o ajuste definido pelo motorista.

Comentários

Powered by Facebook Comments