motor

2020 BMW X1 recebe novo visual, novas cores, nova transmissão

Publicado em: 20/06/2019

Carlos Abeleira

 

É o crossover mais vendido da BMW em todo o mundo

2019-bmw-x1 (5)

O crossover se tornou o SUV mais vendido do mundo. Para manter o ímpeto de seu sucesso, os engenheiros de Munique lançaram no modelo 2020 uma atualização, mas um tanto cosmética, limitado mais a upgrade de equipamentos. A única mudança mecânica para o X1 é o automático de oito marchas da ZF, com mudanças de relação de transmissão e revisões de software que a BMW diz que resultam em mudanças mais suaves e aceleração ligeiramente mais rápida.

Na aparência exterior, o X1 ganha alguns novos front-end inspirados em algumas das outras BMWs recentes. Os faróis acentuam o contorno da configuração hexagonal de faróis quádruplos, as grades renais são maiores e uma nova valência inferior dianteira tem dutos de ar maiores.

2019-bmw-x1 (1)
A parte traseira traz algumas pequenas alterações como lanternas traseiras redesenhadas, em que as luzes de sinalização reversa e de volta são realocadas para a parte inferior dos conjuntos, e as pontas de escape cromadas e ligeiramente maiores. O pacote M Sport, da mesma forma, vem com algumas atualizações nos para-choques dianteiros e traseiros, além de saias laterais e arcos das rodas mais agressivas e da cor da carroçaria. Complementando, as mudanças surgiram novas opções de cores e projetos de rodas. Os novos tons em oferta são Storm Bay Metallic, Jucaro Beige e Misano Blue Metallic
No interior, as mudanças no equipamento são igualmente mínimas, apenas aumentando a tela de 6,5 para uma de 8,8 polegadas. A tela maior também recebe um novo software de navegação por satélite.

2019-bmw-x1 (4)

O X1 ainda recebe o mais recente turbo de 2,0 litros da BMW, com 228 cavalos de potência e 258 libras de torque. Com as novas relações de transmissão, isso gera uma aceleração de 0-100 em apenas 6,3 segundos versus 6,8 para o modelo mais antigo.

Comentários

Powered by Facebook Comments