segurança

Os 24 itens mais relevantes de segurança em condomínios

Publicado em: 16/02/2018

Mas se não houver comprometimento entre moradores e colaboradores, eles não terão a mesma eficácia

 

Group of  mixed hands showing unity with sky

 

Por meio de consultores experientes de Segurança, como a NSA Brasil (National Security Academy), a Revista Residenciais selecionou 24 itens para garantir proteção máxima em condomínios de casas. No entanto, o que garantiria que esses itens funcionem ao máximo, na prática, seria um pré-requisito básico e fundamental que cada condomínio deve implantar e trabalhar internamente: a cultura, o comportamento interno e o nível de relacionamento entre todos que circulam nas dependências.
O condomínio deve priorizar a qualidade das relações entre prestadores de serviço, fornecedores, diretoria, moradores e funcionários. São as pessoas que cumprem normas é que trabalharão ou não em prol do sistema de segurança do condomínio. Pouco adianta ter equipamentos de segurança sofisticados que não são bem operados. Também não adianta ter um exército de vigilantes armados sem estarem preparados e alinhados com os moradores e a direção. Pelo contrário: o efeito pode ser inverso.
Imagine um condomínio onde não haja comunicação entre todos, que tenha clima de conflitos, insatisfação, descontrole. Mesmo com um grande aparato de segurança e é fácil entender que terão mais problemas que soluções. A ASCONHSP, ao longo da trajetória representando os Loteamentos Fechados no estado de SP, presenciou vários casos de condomínios residenciais que gastaram muito em segurança e tiveram decepções ou continuaram a apresentar falhas de proteção.
Assim, ao implantar melhorias na segurança deve-se paralelamente trabalhar boas relações entre as partes cultivando o bem comum. Deve-se difundir uma cultura para todos sentirem-se corresponsáveis, já que a segurança depende de todos. E todos, sem exceção, colaboradores ou moradores, devem estar sensibilizados ao fato de que o condomínio é muito importante para essas pessoas, afinal o local é seu lar e até trabalho, em alguns casos. Com isto em mente, é possível conseguir os melhores resultados implantando os itens listados a seguir:
1 – Áreas verdes ou terrenos baldios colados no condomínio
Se o perímetro do condomínio possui algum terreno baldio ou áreas verdes abandonadas é de extrema relevância possuir proteção perimetral, como cercas eletrificadas, concertinas ou sensores de movimento.

2 – O seu condomínio possui um Sistema de CFTV (Circuito Fechado de TV)?
O sistema de CFTV é muito importante para a segurança de um condomínio pois possibilita perceber com antecedência e com discrição qualquer movimento estranho. Além disso, sua presença desestimula o intento criminoso.

3 – Para condomínios que já têm Câmeras de Circuito Fechado de TV:
O posicionamento das câmeras é muito importante. Há locais estratégicos para posicioná-las na segurança e isso deve ser bem pensado. Para que não ocorra um gasto desnecessário na compra destes equipamentos, o ideal é consultar um especialista.

4 – O seu condomínio possui um Sistema de Gravação das imagens obtidas pelo CFTV?
O equipamento de gravação é importante no caso de uma ocorrência indesejável porque auxilia na identificação dos autores do crime.

5 – Na média, como é a qualidade das imagens do sistema de CFTV?
É necessário que as câmeras, principalmente nos acessos do condomínio, identifiquem as características dos suspeitos. Ter imagens sem qualidade é quase o mesmo que não tê-las.

6 – O sistema de gravação está em um cofre (ou em lugar remoto, protegido ou anti-arrombamento)?
Os criminosos irão tentar destruir todas as evidências possíveis. Se o gravador estiver acondicionado em um cofre ou sala segura, esta atividade será prejudicada.

7 – O sistema possui botões de pânico ligados a uma central 24hrs?
O botão de pânico é um excelente aliado na resposta de algum evento indesejável. Ele permite acionar rapidamente a pronta-resposta e autoridades competentes.

8 – Existe sistema de sensores de movimento e de abertura ligados a um Monitoramento 24hrs?
É muito importante que exista uma empresa que faça o atendimento de ocorrências e as encaminhe para as autoridades policiais competentes. Os sensores de movimento (infra-vermelho ativo e passivo) são muito importantes, pois atuam sem interferência humana e detectam qualquer intruso no perímetro.

9 – O condomínio possui ronda motorizada externa?
A ronda motorizada pode inibir os criminosos e aumentar a segurança.

10 – O condomínio possui sensores de movimento ou cerca eletrificada que cobrem todo o perímetro?
As cercas eletrificadas, quando estão em perfeito funcionamento, inibem a entrada de pessoas não autorizadas. Certifique-se de que elas tenham a voltagem e padrão estabelecidos por lei.

11 – A guarita ou portaria possui banheiro?
Se não existe um banheiro dentro da guarita, ela pode ficar desguarnecida por muito tempo, além de possibilitar que o porteiro seja rendido durante o trajeto da guarita até o banheiro externo.

12 – A guarita ou portaria possui linha de telefone independente (fixo ou celular)?
Uma linha de telefone para que o porteiro possa acionar rapidamente as autoridades competentes é de extrema importância. Além de permitir que moradores entrem em contato com este profissional antes de chegar ao local.

13 – A guarita é blindada (vidros e portas)?
Uma guarita blindada possibilita que o porteiro tenha mais tempo para tomar as medidas necessárias e informar as autoridades.

14 – Há alguma forma de controle de acesso de visitantes?
Fazer o controle de acesso através de anotação no livro é o mínimo. O ideal é um sistema específico para isso.

15 – Há procedimento para recebimento de mercadorias e correspondências?
Evitar e monitorar entregadores são procedimentos básicos para segurança. Quanto menos contato possível com estranhos, melhor.

16 – A entrada de veículos é controlada?
Deve ser controlada preferencialmente pelo porteiro. Controles remotos permitem brechas como clonagem.

17 – A entrada de veículos e de pedestres possui clausura (portões consecutivos)?
A eclusa é extremamente importante, e deverá possuir um sistema que não permita que as duas portas estejam abertas simultaneamente (intertravamento).

18 – Existe iluminação perimetral externa em perfeito funcionamento?
A iluminação do exterior do condomínio deve estar em perfeitas condições, inibindo bandidos e permitindo que o porteiro perceba pessoas ou veículos suspeitos.

19 – Existe iluminação perimetral interna em perfeito funcionamento?
A iluminação interna, além de inibir invasões, permite que as câmeras registrem com nitidez os elementos criminosos. Ainda possibilita que o funcionário possa avaliar rapidamente os suspeitos.

20 – Há vigilantes cobrindo o lado externo do condomínio?
Vigilantes do lado externo possibilita que os suspeitos sejam abordados, inibindo a ação dos mesmos. Estes também podem checar o estado das cercas, grades e muros.

21 – É feito treinamento periódico de segurança para os funcionários?
É de extrema importância que todos os funcionários do condomínio sejam treinados e estejam conscientes dos riscos. A periodicidade é importante, pois normalmente existe troca de funcionários no decorrer do tempo.

22 – São organizadas palestras periódicas de conscientização de segurança para moradores?
Muitas vezes o morador, por não entender a necessidade de implementação de um mecanismo de segurança, coloca todo o condomínio em grave risco. É necessário que cada morador tenha consciência que ele representa um importante elo no processo como um todo.

23 – No caso de uma ocorrência criminosa, existe uma política de procedimentos para o gerenciamento de crises?
Saber quando e como agir é muito importante para garantir o bem-estar dos moradores, funcionários e visitantes do condomínio.

24 – O condomínio participa de algum CONSEG (Conselho Comunitário de Segurança) do bairro ou da região?
Em muitos municípios, os CONSEGs (Conselhos Comunitários de Segurança) vêm sendo uma alternativa interessante na prevenção a assaltos em condomínios. Elaborando estratégias conjuntas com a Polícia Militar, ganha-se em comunicação entre condomínios, diagnóstico dos problemas locais e orientações profissionais.

Comentários

Powered by Facebook Comments