destaques

Grafóloga Célia Siqueira explica o que a escrita diz sobre as pessoas

Publicado em: 31/07/2017

unnamed

 

A grafologia existe desde os povos antigos, que procuravam traços de personalidade das pessoas através da caligrafia. Porém só no século XIX, foi elaborado pelo abade Jean-Hippolyte Michon um sistema grafológico fundamentado na comparação dos traços e sinais gráficos. Assim como Sigmund Freud e outros pesquisadores, afirmaram a eficácia da técnica no recrutamento e seleção no treinamento e desenvolvimento pessoal.

Célia Siqueira, grafóloga há mais de 24 anos, utiliza o estudo da forma das letras e do aspecto geral da escrita manuscrita, para compreender melhor quais as características sociais, psicológicas, ocupacionais e médicas das pessoas. Suas interpretações, auxiliam na análise de personalidade, carreira, processos criminais, seleção de empresas, traumas, fobias, distúrbios psicológicos, entre outros.

Através da grafologia conseguimos traçar patologias que a pessoa não sabe que tem, identificar bloqueios, auxiliar no tratamento de dependência química, analisar o perfil do candidato à vaga de emprego, contribuir para o sucesso pessoal e profissional. A partir da assinatura, também é possível saber se é legítima ou se houve falsificação e no caso de crianças, com estudo dos desenhos e o início da caligrafia, pode-se tratar traumas psicológicos, gagueira, transtorno de sono, etc”, diz Célia Siqueira.

A escrita diz muito sobre as pessoas, para um estudo completo sobre a condição psíquica, comportamental, emocional ou física, são analisados diversos pontos, como: inclinação, forma individual, curvatura, pressão, tamanho, dimensão e disposição das letras. A especialista afirma que essa técnica é muito utilizada em processo terapêutico, para indicar formas de melhoria pessoal e principalmente psicológica.

Célia Siqueira atende em seu espaço localizado na zona sul de São Paulo, o “Instituto Célia Siqueira”, e presta também consultoria para pessoas e organizações de outros estados e países. Para saber mais, acesse: www.facebook.com/CeliaQuirologa

Comentários

Powered by Facebook Comments