arquitetura e construção

O contemporâneo que valoriza a paisagem e a ecologia

Publicado em: 13/04/2017

Projeto premiado de casa de campo, que gera a própria água e energia, foi criado para se debruçar à vista do mar e da floresta

 

41--

 

Por Marc Szeligowski

 

Trouxemos um premiado projeto arquitetônico, residencial e contemporâneo da Austrália, país que tem semelhanças geográficas com o Brasil e, portanto, pode nos servir de inspiração. O Teeland Architects é um escritório de arquitetura e design, próximo à cidade australiana de Brisbane, que projeta edifícios contemporâneos inspirados no ambiente e no estilo de vida da Sunshine Coast.

Dentre os prêmios da Teeland Architects estão: 2016 Houses Award na categoria Sunday House Alterations & Additions over 200m2; 2013 AIA(Australian Institute of Architects) Queensland Architecture Awards Sunshine Coast com a Little Cove House; e 2012 AIA Queensland Emerging Architect.

Este projeto residencial de uma casa de campo/ praia, batizado de Stealth House, é um dos mais bem conceituados da Teeland Architects e foi selecionado para o Houses Awards de 2016.

 

Projeto de casa de campo Stealth House

Um cliente nosso comprou uma área maravilhosa na Sunshine Coast, na Austrália. A terra fica no alto de um monte com floresta tropical, riachos e cachoeiras, e uma vista panorâmica do Oceano Pacífico. Nós nos encantamos com o lugar e queríamos projetar uma casa que não só complementasse a paisagem natural, mas que também se tornasse parte dessa beleza. Queríamos fornecer aos proprietários algo que os fizesse se conectar com o ambiente ao redor.

 

Vista simultânea para 2 lados: o pacífico e a floresta

Um dos desafios foi criar um projeto que permitisse que a casa tivesse uma vista para o oceano no lado leste e, ao mesmo tempo, fosse capaz de captar o sol de inverno e a paisagem da floresta no lado norte da residência. Outra dificuldade foi o fato do terreno ser em um local muito elevado e perto da costa, ou seja, exposto aos ventos que vêm do mar.

A solução que encontramos foi uma configuração de um único plano, que se desdobra em torno de um deque com piscina e vista para a floresta e o oceano. As áreas públicas da casa, como a cozinha, sala de jantar, estar e área de lazer ficaram todas voltadas para o deque. Já os quartos e banheiros são mais privativos e intimistas, com vista para o verde da vegetação. Essa parte interior foi, inclusive, um grande desafio para nós, uma vez que estava em um lugar com alto risco de deslizamento.

 

Compacta estrutura de aço faz a casa flutuar, vencendo o barranco

A parte do terreno que estava em condição mais estável era bastante limitada enquanto construíamos o edifício. A parte da frente, por exemplo, ficava à beira de um barranco, dificultando o nosso trabalho. No entanto, ao invés de colocarmos uma série de colunas para dar suporte a casa, equilibramos a parte da frente da casa com uma estrutura de aço presa em uma pedra na área de trás da residência. Isso deu um efeito maravilhoso para a casa, que parece flutuar acima da paisagem.

 

306 MARKETING PLAN GROUND FLOOR

 

Concebida em uma discreta linha reta, não agredindo a paisagem

Depois disso, toda a obra foi projetada para seguir a linha da topografia natural do lugar, exemplo disso são as paredes e o teto do prédio, que se conectam de forma que a construção parece uma extensão da paisagem. Outro ponto que ajuda nessa conexão é a cor dada para essas partes externas da casa, que estão em um tom mais escuro, permitindo que o edifício se harmonize com a floresta.

 

Ecossistema autônomo, que gera água e energia própria

O interessante é que os proprietários da casa são paisagistas, ou seja, o trabalho deles vai conseguir manter e complementar, ao longo do tempo, essa compatibilidade entre a casa e a paisagem do local. Também pensamos nesses clientes ao projetarmos a casa inteira como um ecossistema autônomo, toda a energia dos edifícios é captada por sistemas solares e a água, em vez de ser desperdiçada, é reutilizada para a irrigação da plantação.

 

Teeland Architects

Comentários

Powered by Facebook Comments