perfil

Por que Gisele Bundchen é a maior top model da história?

Publicado em: 18/11/2015

Aproveitando o lançamento do livro de sua trajetória profissional, revelamos os segredos do seu sucesso.

 

 

Vogue_Gisele_Bundchen_10_02_2015178901_BOB (2)

 

 

Por Graça Antonini

A top brasileira, ícone mundial de moda, volta aos holofotes 6 meses após se aposentar das passarelas com o lançamento do livro que reúne as melhores imagens de sua carreira – já disputadíssimo, mesmo antes do lançamento.

A Revista Residenciais, reconhecida pelas boas pautas de moda e com apoio da assessoria da top model, aproveita o mote do livro que trata da trajetória do seu sucesso profissional e vai além, falando de Gisele Bündchen, a pessoa.

A que se atribuiria o sucesso mundial estrondoso da brasileira de uma pequena cidade, no competitivo e badalado mundo fashion? O seu corpo magro, mas curvilíneo, ou a simetria do seu rosto, considerado perfeito para as câmeras? O que a tornou a modelo mais bem paga da história? Certamente, só esses fatores não seriam suficiente para ofuscar todas as milhares de concorrentes pelo mundo afora. Ela tem muito mais. Não foi à toa que chamou a atenção de ninguém menos que Mario Testino, um dos maiores fotógrafos de moda do mundo e grande impulsionador de sua carreira.

Com 4 anos de profissão, aos 18 anos, já estampava as capas das principais revistas de moda mundial e estrelava campanhas de marcas de luxo como Missoni e Dolce & Gabbana. Suas inúmeras qualidades ecoavam pelas passarelas. O andar forte, a personalidade, confiança, perfeccionismo e grande capacidade de focar no trabalho chamaram a atenção dos estilistas. Tornou-se tão concorrida que, durante uma semana de moda de Milão, chegou a desfilar para 12 marcas em apenas um dia. Em entrevista ao Fantástico, disse textualmente que sua maior companheira foi a cachorrinha yorkshire, pois a inveja a espreitava por todos os lados, fazendo-a sentir-se só. Afinal, reunira todas as qualidades possíveis para o sucesso, fato difícil para as concorrentes suportarem.

Hoje, aposentada das passarelas, são destacadas todas as facetas de Gisele, que explicam o grande mito Gisele Bündchen. Vamos fazer o balanço que o livro não fez: a trajetória da sua pessoa, mãe, mulher, esposa e cidadã.

“É preciso dar raízes e asas para seus filhos”. A afirmação de Gisele pode evidenciar a base da extraordinária personalidade, montada na pequena cidade de Horizontina, onde passou a infância com outras cinco irmãs. É apegada à sua grande e bem estruturada família e tem ainda hoje o pai como grande conselheiro. Demonstra maturidade no papel de mãe: “quando estou com meus filhos me dedico 100% a eles, desligando inclusive o celular. Mas eles têm que entender que tenho que trabalhar longe”, ela afirma. Sobre crianças, ela vai além: declarou que tem planos de cuidar de muitas. Gisele demonstrou, ainda, maturidade conjugal e autoconfiança ao não dar atenção às manchetes de revistas de fofoca sobre um caso da babá de seus filhos com seu marido.

Adepta de um estilo de vida saudável, é regrada, faz meditação e é muito firme e discreta com sua vida pessoal, sem deixar de lado o constante bom humor e simpatia, qualidades pelas quais é famosa. Programa sua vida de forma competente e determinada. Este livro, por exemplo, já estava previsto há muitos anos e sua aposentadoria foi muito bem orquestrada.

 

HENRIQUE GENDRE 3 - VOGUE BRASIL 40 ANOS

 

Mas e a Gisele cidadã? Ativista social, ela deu suporte a causas como a campanha I am African, visando arrecadar fundos para ajudar o povo africano que não tem condições de comprar medicamentos usados no tratamento contra o vírus HIV. Recusou receber cachê para ser a garota-propaganda do American Express Red Card, mais uma iniciativa de suporte a vítimas desse vírus. Doou o salário recebido numa semana de desfiles na São Paulo Fashion Week para o programa Fome Zero. E, preocupada com a proteção da Floresta Amazônica e seus recursos hídricos, doou boa porcentagem das vendas de sua linha de sandálias Ipanema Gisele Bündchen para a causa.

A heroína brasileira, em 2009, foi designada como Embaixadora da Boa Vontade pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente pelo engajamento em causas ambientais. Considerada pela revista Época um dos cem brasileiros mais influentes, uniu-se à Al Gore – que já foi vice-presidente norte-americano – para apoiar a campanha Energia Sustentável para Todos.

Em 2007, o economista norte-americano Fred Fuld, comprovou que o desempenho das ações das empresas representadas por Gisele foram superiores ao índice médio da bolsa. Quando, em 2007, a modelo anunciou que não renovaria seu contrato com a Victoria’s Secret, a multinacional viu as ações de sua empresa mãe caírem 31.5%.

Nomeada pela Forbes, há mais de 10 anos consecutivos, a modelo mais bem paga do mundo, recebe sempre, em média, três a quatro vezes mais do que a segunda colocada. Este ano, foi colocada à frente até mesmo de nomes como Adriana Lima, Cara Delevingne e Kendall Jenner. Hoje, estima-se possuir uma fortuna de 450 milhões de dólares.

Com este balanço, talvez fique mais fácil as concorrentes entenderem por que não superaram a nossa querida Gisele.

 

Comentários

Powered by Facebook Comments