guia

Guia Berlim

Publicado em: 6/11/2014

Confira dicas sobre a vida em Berlim, um dos maiores centros culturais e tecnológicos da Europa 

 

Por Arthur Souza Lobo Guzzo em Berlim

 

Queda do Muro 1

Em Outubro desde ano, iniciaram-se as comemorações pelos 25 anos da queda do Muro de Berlim. A relação dos berlinenses com o Muro é conflituosa: ao mesmo tempo que se trata de um símbolo de opressão e morte, é inegável que a infame “barreira de proteção antifascista”, como era chamado pelo governo da Alemanha Oriental, ainda desperta muito interesse nas pessoas, turistas ou não. Prova disso são os inúmeros visitantes que comparecem todos os anos aos principais locais de Berlim, onde ainda dá para ver o muro: o memorial em Nordbahnhof e o trecho conhecido como East Side Gallery, à beira do rio Spree.

 

6a0128765be

 

Queda do Muro 2

Atividades especiais e exposições já estão programadas em toda a cidade para celebrar a ocasião muito especial, quando o “muro da vergonha” veio abaixo. O shopping Potsdamer Platz Arkaden, por exemplo, já conta com uma exposição, que reúne vídeos, objetos, fotos e até uma guarita construída dentro do centro de compras, representando as instalações do muro. Além disso, para Novembro, haverá a instalação de luzes e balões de gás nos locais onde o muro passava na capital alemã, destacando a antiga fronteira.

 

The-East-Side-

 

Mês da Fotografia

Do dia 16 de Outubro até o 16 de Novembro, acontece o 6º Mês Europeu da Fotografia em Berlim. Tendo sido aberto, no famoso museu Martin Gropius Bau, o evento compreende inúmeras exposições fotográficas em diversos lugares da cidade, com fotógrafos do mundo todo exibindo seu trabalho ao público. Ocorrendo desde 2004, de dois em dois anos, o festival chega ao seu aniversário com bastante respaldo: são 30.000 obras fotográficas e 2000 fotógrafos participantes. Mais informações podem ser encontradas em http://www.mdf-berlin.de/

 

Martin Gropius

 

 

 

Arema Café & Restaurant

No quesito bares e restaurantes, Berlim nunca cansa de surpreender, mesmo quem já mora aqui há algum tempo. Recentemente, foi a vez de descobrir o Café Arema, aconchegante estabelecimento, longe do centro da cidade (no bairro de Moabit, que não costuma ser densamente frequentado por turistas). O lugar era um antigo açougue que foi completamente restaurado, conferindo uma atmosfera única ao lugar. O menu tem diversas opções, desde o café da manhã até o jantar e quem aparecer no local – seja para almoçar ou para tomar um café com bolo à tarde – certamente não irá se arrepender.

 

Arema Café

 

Mall of Berlin

Mais um shopping abriu na cidade: é o Mall of Berlin, localizado na movimentada Leipziger Strasse, perto de Potsdamer Platz. Muitos torceram o nariz para mais um centro de compras na capital alemã, mesmo porque, nunca houve muitos estabelecimentos dessa natureza na cidade – ainda bem, dirão alguns. Entretanto, esse panorama vem se alterando, com cada vez mais lojas abrindo e muitas delas não são nada baratas. O Mall of Berlin não deixa de ser interessante porque possui inúmeras marcas famosas, com várias opções para o visitante. Além de um projeto arquitetônico discreto, (ao menos por fora) é integrado à paisagem, coisa que nem sempre é regra em se tratando de shopping.

 

Mall of Berlin

 

 

Schleusenkrug

Qualquer entusiasta da cultura teutônica que se preze, deve ter um Biergarten – espaços ao ar livre onde se consome cerveja de uma forma tipicamente alemã – de sua preferência, dependendo da cidade e da disponibilidade. Aqui em Berlim, o meu Biergarten do coração é o Schleusenkrug, que fica às margens de uma eclusa (Schleusen) em um dos canais da cidade. Isto, aliado ao fato de que o estabelecimento fica perto do famigerado zoológico de Berlim, já confere ao local uma atmosfera única. Além disso, a cerveja de lá é uma delícia. Pena que o frio já chegou aqui com força total e agora o bom senso manda apreciar a bebida do lado de dentro.

 

Schleusenkrug2

 

 

 

Comentários

Powered by Facebook Comments