fashion

Exclusivo & Internacional: Moda Itália e França

Publicado em: 15/08/2014

De composições inspiradas e lúdicas à minimalistas e cinzas

 

Por Letícia Semeghini

 

Com a mesma exclusividade que as marcas internacionais apresentam seus desfiles Couture, a Residenciais recebeu as novidades das principais coleções 2014/2015 apresentadas em Paris, Milão e Florença.

 

Schiaparelli

Em clima lúdico e descontraído, abrimos a seção Outono-Inverno 14/15 com a coleção da casa Schiaparelli. Marco Zanini explora a criatividade com aspectos singulares, assim como sua criadora, Elsa Schiaparelli, que ditou moda a partir da década de 30. Cheia de referências às criações da estilista, essa coleção nos encanta ao mostrar que a chama artística inserida por Schiap, para os íntimos, se mantém acesa, em evolução, porém sem se esquecer de suas raízes.  Estampas divertidas de corações, esquilos, pássaros, cachorros e até ratos mostram a irreverência da marca. Aliadas a cores vibrantes, acessórios inusitados e tamanhos maxi – em chapéus, cintos, bordados e laços – representam a sua essência.

O suéter de cashmere com um coração em trompe l’oeil é combinado com uma saia e vasê, maxicinto e chapéu, luvas de mosqueteiro e maxi-clutch Suit no. 7 de estampa geométrica colorida. O desfile trouxe looks de composições inesperadas que valorizam a silhueta da mulher e afirmam que ela pode, ao mesmo tempo, mostrar seu lado feminino e ser diferente.

3

Versace

Corpo delineado é o que se propõe o Atelier Versace. A coleção trouxe também volume e exuberância nas saias para ocasiões de glamour e requinte. A coleção se destaca pela sofisticação, tecidos elegantes, muito charme e assimetria. O vestido azul marinho tomara-que-caia com fivelas de ouro, fenda profunda e assimetria em calça, foi usado na versão branca pela Jennifer Lopes para sua badala presença na primeira fila do desfile.

Look 4

Valentino

Valentino, em clima romântico e bucólico, apresentou as modelos em sandálias gladiadoras amarradas até o joelho, cabelo e make-up naturais para compor com looks minimalistas. Elementos rígidos como as tiras de couro, tachas, tecidos em jacquard, lã, pedrarias e bordados contrapõem a delicadeza dos tecidos fluídos, modelagens império, cores de tons pastéis, rendas e transparências.

Valentino_HC_FW1415_48

Jean Paul Gaultier

Jean Paul Gaultier desenha sua coleção Vampiros em quatro cores: preto – predominante, branco, vermelho e dourado, mostra ainda a qualidade de seu trabalho nas minuciosas camadas de organza. As modelagens evidenciam imponência, seriedade e uma sensualidade dramática. Looks frios,  sombrios e de impacto, JPG usou modelos exóticas para enfatizar o tema. Cintura marcada ou valorização da silhueta estiveram presentes em todos os modelos.

22

Prada + Valentino

Prada apostou em looks minimalistas, estruturados e atemporais, com toques despojados nos pespontos, no uso do jeans e nas sandálias masculinas. Por sua vez, a grife Valentino levou as passarelas estampas de flores, borboletas, camuflagens, xadrezes e as misturas delas. Os acessórios e as estampas deram toque extra na criatividade, lenços, broches metalizados e bolsas, mostraram que o homem pode e deve ousar nas escolhas, sem perder a elegância. As marcas mostraram maneiras distintas de se interpretar um costume cinza.

52.jpg

Prada_Uomo_SS15_24

Ermenegildo

Zegna + Z Zegna

Apesar das marcas Ermenegildo Zegna, de linha mais clássica e Z Zegna, despojada, terem públicos diferentes, mantém a qualidade do grupo Zegna e mostram que a alfaiataria e o design esportivo caminham juntos e se adaptam a diversos públicos. O blazer EZ de abotoamento duplo é modernizado pelo styling do lenço, da jaqueta na cintura e da barra dobrada. O destaque da ZZ é a composição de camisa e gravata na mesma estampa, além da cor vibrante do sobretudo esportivo.

07

19

 

Comentários

Powered by Facebook Comments