guia

Massachusetts

Publicado em: 11/11/2011

Por Pedro Garcia, em Boston

Futebol americano

Mesmo com uma chuva torrencial, os torcedores da Harvard Crimson e da Brown Bears compareceram em peso para o jogo de futebol americano. Eram mais de cem jogadores em cada time, sendo que para cada tipo de jogada era feita uma formação específica de 11 jogadores. No canto do campo, as cheerleaders, assim como a chuva, não paravam. E, no intervalo do segundo para o terceiro quarto, as bandas das universidades ainda fizeram uma longa apresentação.

Clássico

Apesar de o jogo entre as universidades de Harvard e Brown ter sido um verdadeiro espetáculo, o grande clássico do esporte universitário é entre o Harvard Crimson e o Yale Bulldogs. Os dois times se enfrentam desde 1875. Já foram 127 jogos, sendo 65 vitórias para Yale, 54 para Harvard e 8 empates.

Relíquias

Construído em 1903, o estádio de Harvard é uma das relíquias americanas do esporte. Tem o formato de uma ferradura e uma imponente fachada romana, que em muito lembra o Coliseu. Com capacidade para cerca de 30 mil pessoas, é a casa do Harvard Crimson e já foi palco de apresentações de diversos artistas consagrados, como Janis Joplin e Bob Marley.

Na capa

A Newsweek deu capa para a nossa presidente. A revista trouxe um perfil de cinco páginas sobre Dilma Rousseff. A reportagem contava sua história desde os tempos de guerrilha, mostrava a influência de Lula em sua ascensão à presidência, e traçava um panorama do seu mandato.

Mosaico de folhas

As folhas das árvores já mudaram de cor e a cobrem as calçadas. É muito bonito. Em cada árvore, as folhas mudam para uma cor diferente. Algumas ficam amarelas, outras marrons e algumas mais avermelhadas.

 

Paisagem e aconchego

Vale a pena fazer uma road trip até New Hampshire. A rodovia é cercada de árvores com as folhas de diversas cores por causa do outono. A paisagem é deslumbrante. O aconchego fica por conta das casinhas de madeira à beira-mar.

O forte

O Forte McClary fica na cidade de Kittery, em Maine. Embora tenha sido edificado no século 19 para defender o rio Piscataqua, quase não foi utilizado. Está localizado sobre um gramado verde, coberto de blocos de pedra, diante de um extenso rio cheio de barcos a vela.

Tempo louco

O tempo em Boston anda tão louco quanto no Brasil. Embora o frio esteja chegando, tem dias que faz muito calor. A temperatura varia entre 5°C (com ventos que dão à sensação térmica de 0°C) e 25°C.

Frutos do mar

Massachussets é famoso pelos frutos do mar. A primeira dica é o Legal Seafood, uma famosa rede de restaurantes da costa leste. Outra dica é o restaurante Anchor Pub and Grille, em Bevery. A lagosta é simplesmente sensacional. O lugar é simples, com um bar no centro. É frequentado apenas pelos moradores da cidade.

Entre Ferraris e Lamborghinis

É impressionante como é fácil encontrar carros de luxo pelas ruas de Boston. BMWs e Mercedes são tão comuns quanto às outras marcas. Ferraris e Porches são fáceis de ver. Em uma sexta-feira, voltando para casa, eu me deparei com um Lamborghini Gallardo.

 

Cem pontos

A Universidade de Harvard oferece mais de 650 cursos de extensão, em mais de 65 áreas. Os cursos têm, normalmente, duração de um semestre. O único problema, é que para ser aceito, entre outros pré-requisitos, o candidato tem que fazer 100 de 120 pontos no Toefl (Test of English as a Foreign Language), o que é muito difícil. Um aluno estudioso e dedicado costuma fazer entre 80 e 90 pontos.

Upside down

O Six Flags é a melhor opção para quem está à procura de adrenalina, É uma rede de parque de diversão espalhada pelos Estados Unidos. A unidade de Massachusets, que fica na cidade de Argawam, é famosa pelas diversas montanhas-russas, de todos os tipos e tamanhos, incluindo uma chamada “Bizarro”, em que o carrinho atinge a velocidade de 124 km/h, após um queda de 63 metros.

Um pouco da Broadway

Um dos mais famosos musicais americanos, South Pacific ficou em cartaz por cerca de um mês no Boston Opera House. Trazido diretamente da Broadway, a peça conta a história de uma enfermeira da marinha americana que, durante a Segunda Guerra Mundial, se apaixona por um rico fazendeiro francês na ilha de South Pacific. Tendo como pano de fundo o preconceito racial, o musical é muito bonito e possui canções que sempre são lembradas pelos americanos.

Comentários

Powered by Facebook Comments