comportamento

Eu tenho a força!

Publicado em: 10/10/2011

Por Carolina Romariz Arte Vinicius Sasso

Eles inspiram gerações e mexem com os mais variados tipos de sonhos. Aguçam a imaginação e têm fãs espalhados pelos quatro cantos do mundo. São fortes e quase nunca decepcionam. Os super heróis foram espelhos para as crianças de ontem e são para as de hoje, mas independente de idade a verdade é que em algum momento da vida, todos desejaram ser ou tentaram realizar algum feito deste universo de personagens.

Diferentes características formam esta cartilha de ídolos que também são providos de sentimentos e de histórias que motivam a conquista de seus objetivos.

Qualquer semelhança com a vida real não é mera coincidência. Os heróis anônimos e que se agrupam ao cotidiano muitas vezes podem ter o perfil destes super-heróis. A psicóloga e especialista em terapia cognitivo-comportamental Daniela Malagodi Jorge analisou alguns dos super-heróis mais conhecidos e com isso, é possível unir comportamento de algumas pessoas de verdade. E se fosse real? Você se identificaria com algum deles?

Batman: o morcego de identidade secreta

Sua fortuna é avaliada em bilhões. Foi espectador de uma tragédia da própria vida: os pais foram assassinados na sua frente, e a partir daí peregrinou pelo mundo atrás de entender o que passa pela cabeça de um criminoso. Atende pelo nome de Bruce Wayne e se dedica a lutas marciais para se defender já que ficou traumatizado com armas de fogo depois do que presenciou. O medo de morcegos quando criança foi a inspiração para seu uniforme. Seu único poder é a intelectualidade que usa para conter o crime: Ele é o Batman!

O fato de ter passado por situações difíceis fez com que buscasse maneiras de fazer justiça. Por isso, criou uma máscara (morcego) para compensar um lado frágil que o trauma lhe causou emocionalmente. Bruce Wayne faz parte do grupo de pessoas que são intensas, controladoras e auto-suficientes. Possuem baixa tolerância a crimes, são fortes e espertas. Tudo isso é parte de um processo de formação de personalidade, que é formada por estruturas cognitivas que organizam a experiência.

Superman: o interplanetário

O Superman é a espécie de namoradinho do público feminino. Bonito e forte, foi enviado à Terra pelo próprio pai quando o seu planeta, conhecido por Krypton, estava prestes a explodir. Foi adotado por uma família de fazendeiros. Durante o crescimento foi descobrindo seus poderes. É casado e repórter quando não está na missão de defender o mundo.

Este personagem já carrega características daqueles que carinhosamente, deixando a forma pejorativa de lado, são conhecidos como mimados. O carinho e o cuidado que teve dentro dos valores familiares fizeram com que seu emocional fosse saudável. Pessoas com este perfil usam seus “poderes” para definir o que é certo e o que é errado, acreditam no seu potencial, nas suas próprias capacidades. São afetivos e possuem também uma boa autoestima.

Mulher Maravilha: um toque de delicadeza

Ela foi criada para ser estereotipo daquilo que deveriam ser as mulheres em uma versão mais forte e de mais garra. Foi a primeira heroína deste mundo encantado dos quadrinhos. Sua mãe a fez por meio de uma imagem de barro que deu vida a cinco deusas do Olimpo que foram presenteadas com poderes. A missão da Mulher Maravilha é distribuir a paz e, por isso integrou o grupo da liga da justiça.

Desde sua criação, sua personalidade foi sendo integrada com mensagens de ser especial, superior, única, solar, conquistando assim admiradores que sustentam sua autoconfiança. Não são só mulheres que estão deste lado da moeda; estão também os que têm espírito de liderança. São seguros e ambiciosos. Geralmente, sabem o que querem e usam o carisma para conseguir.

Hulk: emoções intensas

Conviveu com o alcoolismo e o ódio do pai. Teve uma infância rude marcada pelo desprezo. O fim de quem era para ser seu herói foi no hospital psiquiátrico e por conta disso foi criado por uma tia. Formou-se cientista e foi aí que virou super-herói. Criou uma bomba e foi testá-la no exército onde teve que salvar um adolescente atingido por raios gama. Robert Bruce Banner é o seu nome e quando é tomado pela ira se transforma no Hulk.

Foi privado da pessoa que mais deveria propagar o amor. Guardou tudo isso e canalizou para sua profissão, criando uma bomba, e por isso, não tem controle emocional. Não é difícil encontrar pessoas que foram rejeitadas ou abandonadas pelos pais. Como consequência a tendência é se tornarem vulneráveis a eventos externos, e possuírem emoções intensas como a raiva e ansiedade. Perdem facilmente o controle, tornando-se agressivos.

Homem Aranha: a timidez em pessoa

Foi ainda na infância que se viu órfão e por isso foi morar com seus tios. Era dono de uma inteligência extrema. Só não conseguia usá-la quando o assunto era relacionamento. Sempre foi muito tímido. Foi picado por uma aranha de genética alterada e a partir daí ganhou poderes. Durante um tempo os utilizou apenas para ganhar dinheiro. Demonstração de egoísmo de alguém que poderia conter várias situações, inclusive o assassinato de seu tio. Foi a partir daí, de um sentimento de culpa, que o Homem Aranha passou a defender a cidade de Nova York.

O fato de ter ficado órfão formou sua identidade de ser fraco, desamparado e indefeso. Foi superprotegido pelos tios. Com essa visão de si era difícil manter relacionamentos, passivo e dependente. Neste caso, estão as pessoas que precisam passar por alguma dificuldade para refletirem sobre suas forças e as formas de encará-las. Importante salientar que todos esses perfis existem na vida real e dentro do nosso convívio muitas vezes. É o que chamamos de transtornos de personalidades dentro do perfil psicológico. Porém, nem todas as pessoas que passam por esses traumas desenvolvem transtornos.

VEJA QUEM VOCÊ É

Batman
Intenso, controlador e auto-suficiente. Baixa tolerância. Alto senso de justiça e esperta

Mulher Maravilha
Espírito de liderança. Seguros e ambiciosos. Sabem o que querem e usam o carisma para conseguir

Superman
Tem forte vínculo com a família. Acreditam demais no seu potencial. Afetivo e com autoestima alta

Homem Aranha
Inteligência extrema. Irônico e egoísta. Dependente emocionalmente. Alto sentimento de culpa

Hulk
Vulnerável e com emoções intensas como a raiva e ansiedade. Perdem facilmente o controle tornando-se agressivos

Comentários

Powered by Facebook Comments