destaques

Iluminação e suas facetas

Publicado em: 12/08/2016

Por Viviane Bertolini

 

unnamed

A Iluminação surge das fontes de luz natural e artificial. Na natural temos a luz do sol, do fogo, das estrelas, da lua e outros. A artificial descoberta pelo homem traz uma grande variedade como a vela, lâmpada de óleo, à gás  e os diversos tipos de lâmpadas

Certamente o mundo da iluminação não seria mais o mesmo depois da descoberta da lâmpada elétrica por Thomas Edison em 1879. Atualmente a iluminação elétrica é nossa principal fonte de iluminação artificial e foram assim surgindo diversos tipos de luminárias que atendem aos diversos gostos e ambientes. A iluminação pelo fogo é ainda utilizada para fins de decoração e comemoração.

A luz tem diversas funções em um ambiente podendo assim ser uma luz geral que ilumina o ambiente de forma ampla, de destaque muito usada para valorizar um determinado objeto, de tarefa que é direcionada para um foco e uso determinado e a decorativa que destaca a decoração do ambiente por isso a importância da escolha da luminária e lâmpada correta para cada função atendendo a necessidade de cada projeto.

A luz revela as cores e as formas tridimensionais, enquanto os focos de luz direcionados revelam a textura das superfícies e dos materiais. Esses elementos são tão importantes para o modo como percebemos um espaço que, sem o uso cuidadoso e apropriado da luz, um projeto jamais consegue alcançar a excelência.

A luz tem o poder de influenciar o tom e a atmosfera de um espaço. Alterar os padrões de luz, sombra e cor pode deixar os usuários relaxados ou alertas, acolhidos e confortáveis ou frios e desconfortáveis. A luz e a cor também podem ser utilizadas para fazer com que as pessoas se sintam estimuladas ou desanimadas. O uso habilidoso da luz permite que os projetos de design de interiores estejam impregnados das sensações e emoções que queremos transmitir aos usuários.

Assim como a arquitetura de edificações e o design de interiores, o projeto de luminotécnica não é apenas uma arte ou uma ciência, mas sim a síntese de ambos.

 

Comentários

Powered by Facebook Comments